Inicial > Utilidades > Internet via eletricidade no Brasil

Internet via eletricidade no Brasil

sasa Há algum tempo foi anunciado que a mais nova forma de transmissão de dados seria via energia elétrica. Que será implantado um sistema de transmissão da Internet pela tomada de sua casa. Se você pensa que isso só acontecerá daqui a muitos anos, está enganado, estamos cada vez mais perto de utilizarmos a internet desse jeito.

A Anatel, agência reguladora das telecomunicações, e a Aneel, agência que cuida das questões de energia elétrica, estão preparando tudo, para que possa ser lançado no Brasil a internet via fios de eletricidade, tecnologia chamado de Power Line Communication (PLC).

As redes do Brasil estão tecnicamente prontas para receber o serviço, seria apenas necessário fazer alguns ajustes. Como instalar roteadores nos postes e um modem teria que ser instalado na casa do cliente.

“Estamos querendo baixar o custo dos serviços, e isso acontece ampliando a oferta. Hoje temos banda larga por cabo, por satélite, por freqüência, e por que não pela rede elétrica?”, questionou Emília Ribeiro, responsável pelo assunto dentro da Anatel.

A resolução que definirá as regras para o uso da internet pela rede elétrica deve ser votada pela diretoria da Aneel ainda neste mês. O assessor da Superintendência de Regulação da Distribuição, Carlos Mattar, disse à Agência Estado que o critério já é utilizado no aluguel de postes para passagem dos cabos da telefonia. “A distribuidora não tem custo nenhum (com isso).” Ele explicou que, se houver necessidade de investimento na rede, a empresa de telecomunicações é que arcará com o custo. O mesmo ocorre com os postes. “Ela (a distribuidora) não vai investir um centavo e ainda vai ganhar 10%.”

Essa tecnologia permite um acesso a internet na velocidade de 20 megabits por segundo (Mbps), duas vezes mais do que é oferecido hoje, pela maioria dos provedores de banda larga. Com equipamentos mais moderno é possível alcançar a velocidade de 200 Mbps.

A nova forma de navegar na internet conta com o apoio do governo, pois muitos brasileiros que não tem acesso a rede mundial, ganharão essa oportunidade. Por que apenas 3% da população não possui energia elétrica, mas esse índice deve chegar a 0% no final de 2010.

Outra vantagem do serviço é que haverá uma queda drástica nos preços das mensalidades pagas para ter internet em casa, por que atualmente o mercado é dominado por operadoras de telefonia fixa.

E mais uma boa notícia que a utilização da internet de alta velocidade via eletricidade poderá baratear as tarifas de energia. Proposta da área técnica da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que examina o assunto, prevê que 90% da receita obtida pelas distribuidoras de energia com o aluguel dos fios para as empresas de internet terão de ser empregada na redução de tarifas de eletricidade.

Mesmo com tudo em mãos, teremos que esperar até que as empresas distribuidoras de energia elétrica se regularizem e comecem a fazer as instalações necessárias.

Anúncios
Categorias:Utilidades
  1. agosto 20, 2009 às 6:03 pm

    Então, aqui em São Paulo, num bairro proximo ao meu, isso já esta em teste! Da pra acreditar!? Tomara que eles liberem para o bairro todo logo! : D

  2. agosto 20, 2009 às 6:18 pm

    As melhoras e evoluções ocorrem nas melhores coisas…..

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: